quarta-feira, 15 de julho de 2009



HOMENAGEM A MERY MEDEIROS

De José Acaci em 24/08/2006

Quando Deus foi fazer Mery Medeiros
escolheu umas fórmulas diferentes
e usou nele alguns ingredientes
que só existem nos anjos verdadeiros
deu-lhe a força de luta dos guerreiros,
caprichou lhe dando sabedoria,
botou garra, coragem e alegria
e lhe disse: “Estais pronto para a guerra”
e mandou esse anjo aqui pra terra
pra lutar e fazer democracia.

Desde então esse anjo de candura,
um guerreiro sem sabre ou baioneta,
utiliza da força da caneta
pra lutar contra o mal da ditadura.
As palavras lhe dão a estrutura
dos maiores amantes da verdade.
Sem o vírus maligno da maldade
nem a fome gulosa da cobiça,
segue avante lutando por justiça
e pregando o amor e a amizade.

Esperança, justiça e liberdade,
paz, amor, sonhos de libertação,
uma mão estendida em união
uma mente que prega a igualdade,
que cultiva um roçado de amizade
e não quer o produto para si,
vai doando a colheita aqui e ali
pois Deus fez infinita sua bagagem.
Nesse versos eu faço uma homenagem
ao gigante guerreiro que é Mery.

Vasculhando os arquivos da lembrança
ele busca nos retalhos dos fatos
e nos conta as histórias e os atos
dos grandes mensageiros da esperança.
Sua própria história se entrança
com a história dos nossos pioneiros
tem, na veia, o sangue dos guerreiros
e a força infinita de um arcanjo
benza Deus que um dia fez um anjo
e depois batizou-o Mery Medeiros.

fonte: spva/rn