domingo, 1 de novembro de 2009

ESCRITORA CLOTILDE TAVARES - E-MAIL ENVIADO A SPVA/RN

Natal, sexta-feira, 30 de outubro de 2009.

Minha gente,Peço a paciência de vocês para explicar umas tantas coisas que andaram acontecendo nos últimos dias, e que têm relação com a mudança do staff da Funcarte (órgão que equivale à Secretaria de Cultura do Município de Natal-RN, onde estou morando agora). Eu queria era esquecer de uma vez essa história, e nem queria mandar um comunicado desse tipo, assim para-deus-e-o-mundo, mas como há muita gente me escrevendo, perguntando, telefonando, explico tudo aqui de uma vez por todas.
Como este e-mail vai para toda a minha lista, e como tem muita gente que não mora em Natal, farei um resumo dos fatos.--- Em 23 de setembro p.p. fui convidada a ir até a Funcarte onde o seu Presidente, o artista plástico César Revoredo, me convidou para escrever o texto do Auto de Natal 2009, espetáculo montado todos os anos pela Prefeitura da Cidade, e quem tem um público anual de cerca de dez mil pessoas. Na ocasião estava também o diretor Moacyr de Goes convidado para a direção do espetáculo. Aceitei o convite, acertei detalhes quanto à remuneração e me comprometi a entregar o texto pronto no dia 15 de novembro; a Funcarte se comprometeu a agilizar a feitura do contrato que eu assinaria.--- Desde então eu vinha trabalhando no texto, trocando idéias com Moacyr de Goes, inclusive tendo enviado à Funcarte em 20/10 um briefing do texto, com lista de personagens, etc., para as providências iniciais. --- Na terça-feira, 27/10, pela manhã, o Diário de Natal me ligou, me informando de que estava havendo uma mudança na direção da Funcarte e que estava sendo noticiado que nem eu nem Moacyr de Goes estaríamos mais à frente do trabalho, e perguntando-me o que eu achava disso. Evidentemente não acreditei. Pensei que era boato, uma vez que ninguém da Funcarte havia me ligado sobre isso. Dei minha opinião com muita tranquilidade ao Diário de Natal e em seguida à Tribuna do Norte, que também me procurou, como você pode ver nos links das entrevistas que concedi.
http://www.diariodenatal.com.br/2009/10/28/muito1_0.phphttp://tribunadonorte.com.br/noticia/funcarte-dispensa-texto-de-clotilde-para-o-auto-do-natal/129616--- Mas era verdade. O presidente da Funcarte foi substituído e assim, sem nenhum telefonema ou explicação para mim, escolheu outro dramaturgo e outro diretor.Esses são os fatos.A minha sensação é de desrespeito e constrangimento com esse tipo de tratamento. Além de cidadã com todos os meus impostos em dia, residente e domiciliada nesta cidade, onde também vivem meus filhos e netos, eu construí uma obra - tanto na literatura como no teatro - que só exalta as belezas desta terra, cidade que amo tanto e para onde estou de volta há dois meses pois não aguentei as saudades enquanto estava morando na Paraíba. Além disso, tudo, como artista, estava no meio de um trabalho de criação, para o qual mobilizei minhas forças criativas e minha melhor energia.Comecei a escrever esse trabalho sem ter contrato assinado, pois não podia ficar esperando o trâmite da burocracia, que é lento. Confiei no crédito que sempre emprestei à instituição Funcarte, e que foi honrado de outras vezes que prestei serviços a ela. Se não quisessem mais o trabalho, deveriam ter tido a delicadeza de me ligar antes de enviar os novos nomes para os jornais.Nesse episódio, triste cartão de boas-vindas que a cidade me oferece depois de uma ausência de quatro anos, aprendi mais algumas coisas a respeito da cegueira do poder, da vaidade dos cargos, da descortesia dos arrogantes, da falta de noção do que seja uma instituição pública. O profissionalismo, a honra, a dignidade e o respeito à palavra empenhada que sempre pautaram minhas ações foram coisas nas quais somente eu acreditei, e que não encontraram eco do outro lado da negociação.
Quero agradecer o apoio dos amigos, a solidariedade de artistas e escritores que, como eu, também se sentiram ultrajados por esse comportamento. Anexo abaixo a nota da UBE-PB e a mensagem da secretária do Colégio Brasileiro de Genealogia, do qual sou sócia.Saio desse episódio fortalecida na minha crença cada vez mais firme de que, nesta terra, a política cultural é somente política, sem nada de cultural.
Clotilde Tavares


Mensagem de Regina Cascão Viana.

Repercutiu muito mal, chegando aos meios culturais do Rio de Janeiro - onde sou Diretora do Colégio Brasileiro de Genealogia e gerente/administradora de 3 listas de discussão sobre história e genealogia pela Internet, além de outras atividades no meio - a notícia da dispensa de Clotilde Tavares e Moacir Goés da criação e direção do Auto de Natal. Mais do que isso, o desrespeito com que os dois profissionais foram tratados, sabendo da dispensa pelos jornais, deprecia a imagem de cultura e educação que possa advir dessa Prefeitura. Estamos divulgando esta atitude a todos os institutos, academias e silogeus que conhecemos e aos quais pertencemos, para dar a conhecer que, lamentavelmente, em Natal a política cultural - como bem disse Clotilde - nada tem de cultural resumindo-se a política apenas - e de má qualidade!

Regina Cascão Viana - do Rio de Janeiro
-----------------------------------------------

Nota da União Brasileira de Escritores-RN

NOTA DE REPÚDIO

Nós, filiados à União Brasileira de Escritores – UBE/RN, reunidos no II Encontro Potiguar de Escritores – II EPE, vimos por meio desta Nota, repudiar a forma descortês com que a Fundação Cultural Capitania das Artes – FUNCARTE tratou a escritora Clotilde Tavares, convidada para escrever o texto Auto de Natal 2009. Ao substituí-la sem prévio aviso, demonstrou falta de preparo e respeito no trato com a classe de intelectuais.
Natal, 30 de outubro de 2009
Diretoria:
Eduardo Antonio Gosson – presidente da UBE/RN
Jurandyr Navarro – 1º vice-presidente
Anna Maria Cascudo Barreto – 2º vice-presidente
Manoel Marques da Silva Filho – secretário geral
Paulo Jorge Dumaresk – 1º secretario
Francisco Alves da Costa Sobrinho – 2º secretário


Colunas no Portal Diginet - http://colunas.digi.com.br/author/clotildeFacebook - http://www.facebook.com/clotilde.tavaresO Clã Santa Cruz - http://www.clotildetavares.com.br/genealogia