sexta-feira, 13 de novembro de 2009

PSICOMOTRICIDADE RELACIONAL: A DIVERSIDADE DE UMA PRÁTICA

O evento contou com uma programação, recheada de novidades, com direito até a sorteio de livros... A Secretaria de Estado de Educação e Cultura/SEEC, através da sua Coordenadoria Executiva de Projetos -COEP - Coordenador Flávio José disponibilizou algumas vagas para docentes da rede pública estadual pudessem ter um encontro com a psicomotricidade relacional, explicitada nas falas dos conferêncistas , Professores, Doutorandos e Mestrandos da Universidade de Èvora em Portugal/PT.
Bastante interessante, a maneira que a Faculdade do Vale do Jaguaribe/CE, encontrou para mostrar aos profissionais da Saúde, Educação e Desenvolvimento Social do nosso Estado, mais particularmente aqui de Natal - o que é a psicomotricidade, para que serve e por que serve. O encontro aconteceu no Hotel Maine - espaço Cuxá, no dia de ontem -12/11. Tive o prazer de está presente, representado o órgão em que desenvolvo minhas atividades profissionais.
As palestras tiveram como tema:
* Psicomotricidade Relacional - A diversidade de uma prática como ferramenta de transformação social.
Professor Doutor José Leopoldo Vieira
Diretor do Centro Internacional de Análise Relacional (CIAR).

* Psicomotricidade Relacional na Educação: Uma intervenção facilitadora para a gestão de processos pedagógicos na diversidade.
Izabel Bellaguarda /Professora Mestranda em psicomotricidade relacional da Universidade de Évora/PT -

* Psicomotricidade Relacional: Ação de Fortalecimento do Poder Pessoal do Jovem.
Marcelino Vieira - Professor Mestrando em Psicomotricidade Relacional da Universidade de Évora/PT.

Achei o encontro válido, aprendemos alguma coisa, até porque o sujeito sempre está aprendendo no cotidiano de sua existência, e como bem citou o professor Leopoldo a psicomotricidade é a ciência que estuda o homem através do seu corpo em movimento, isso nos levando a crer que é importante aliado a exercício da minha função enquanto educadora, haja vista que a mesma sugere aliar o tônus do aconchego, do afeto, da relação interior do ser, ferramenta significativa no desenvolvimento da relação professorxaluno, ou no ensino aprendizagem, já que impulsiona o sujeito além de auto se conhecer, ajudar a outrem a se conhecer.
Os problemas existentes na escola, necessitam ser vistos com outro olhar, pois as formações existentes não dão conta da problemática atual e a psicomotricidade relacional exibe resultados exitosos com relação ao levantamento dos problemas do cotidiano escolar.