segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

JÂNIA SOUZA E SEU POEMA DE NATAL



O Aniversário do Sagrado Menino Jesus

Jania Souza

Sorrisos fartos, abraços solidários

Brilho de luzes multicores

No túnel que são as ruas da vida.

As fachadas dos prédios, das casas, dos bares

Sussurram cantigas em baladas de sinos.

Olhos brilham na sinfonia universal

São anjos sempre invisíveis

Ou disfarçados de homens, mulheres, crianças

Inspirados na emoção maior da fraternidade.

O ar com seu jeito mágico de Natal

Flui o nome maior da cristandade

E revela que há possibilidade na terra

Para o amor e a paz.

Portas abrem-se à luz!

Em seu humilde berço

O sagrado MeninoEstende seus braços

E colhe as dores debulhadas nas estradas.

Transforma com seu toque terno

As lágrimas de mágoas

Em sementes de esperança

Abençoadas com as pétalas do amanhã.

O parabéns repete-se constante, firme,


Na voz de anjos de qualquer origem

Com a certeza da durabilidade

Do amor extraído do Ser precioso

Que é o Sagrado Menino.