domingo, 25 de abril de 2010

DIVULGADORA LÍTERO CULTURAL




Ceicinha Câmara compartilha sua poesia(Portugal) e nós aqui do outro lado(Brasil) enviamos votos de paz, harmonia e felicidades...

NÃO ESTOU MUITO BOA!
HOJE ESTOU COM A MINHA MELHOR AMIGA: SOLIDÃO!
E DIANTE DESTE MOMENTO, RESOLVI TERMINAR
UMA POESIA QUE COMECEI NO DIA 29 DE AGOSTO DE 2002.
POIS É, FAZ TEMPO!
INICIEI NA CASA DA MINHA MANA "MOCINHA" EMPARNAMIRIM/RN,
CONTINUEI NA PRAÇA DE ALIMENTAÇÃO DO NATAL SHOPPING/RN
E TERMINEI AGORA A POUCO, AQUI EM VILA DO BISPO-PORTUGAL.
A NOSTALGIA QUE ASSOLA MINH'ALMA
AJUDOU-ME A PENSAR COM SERENIDADE.
ESTOU TENTANDO RESTABELECER O MEU EQUILÍBRIO EMOCIONAL
DIVIDINDO ESTE MEU MOMENTO COM VOCÊS.
ESPERO QUE ESTE SOFRIMENTO NÃO CONTINUE!
ESTOU BEM!
-------
MEU SOFRIMENTO
(início: 29-08-2002 e término: 24-04-2010)
Sofro à toa...
Por um amor que não valeu à pena
Por chorar por coisas amenas
Por querer entender meus instintos.
Eu sofro...
Porque aida não consegui vencer os medos
Porque precisei renunciar a tantos desejos
Por me apaixonar pelo impossível.
Eu sofro...
Para transformar a tristeza em alegria
Por querer tentar realizar minhas fantasias
Por correr vários riscos.
Eu sofro...
Por pagar um preço alto
Por não ter o meu filho ao meu lado
Por não poder cuidar dele sempre.
Eu sofro...
Porque acho que dei mais do que recebi
Por querer mudar tudo que me deixa infeliz
Para tentar conquistar minha felicidade.
Eu sofro...
Por transformar a saudade em lembranças
Por ter muitas esperanças
Por abrir mão de tantos caminhos.
Eu sofro...
Por sacrificar os sonhos meus
Por estar distante de Deus
Por tentar ir em busca dos meus ideais.
Eu sofro...
Porque o meu amor não foi correspondido
Pois meu coração ficou partido
Por não me fazerem bem.
Eu sofro...
Para transformar a solidão em aconchego
Porque a vida é um brinquedo
Sofro por minha capacidade de sofrer.
Ceicinha Câmara (*)
(Autodidata da Vida)
Potiguar de Ceará-Mirim, radicada em Vila do Bispo-Portugal.
Um abraço da conterrânea que ver seus dias tristes passarem e gosta de contá-los.
Ceicinha Câmara
http://nlusofonia.blogspot.com/