sexta-feira, 4 de junho de 2010

MEUS VERSOS LIVRES!


DELÍRIOS POÉTICOS


UM POETA,
UM CANTO.
UMA POESIA!
UMA RIMA... UM GALOPE,
UMA SESTILHA.

UM ABRAÇO NO CORPO,
PEITO FORTE.
UMA LÁGRIMA,
UM SORRISO!
UM SOLUÇAR.

UM POETA
SOZINHO NUMA ILHA
NÃO OUVE O MEU GRITO AGUERRIDO,
NÃO SABE SEQUER SE ESTOU VIVO,
NÃO SABE SEQUER
SE ME QUER OU NÃO.

UM POETA...
UM SONHO...
ILUSÃO.
APORTANDO NO MEU PEITO SOLIDÃO.

UM POETA!
UMA VISÃO,
UM ADEUS E...
UMA DOR NO CORAÇÃO.



Geralda Efigênia