quinta-feira, 3 de junho de 2010

A POESIA DO POETA/ATLETA ED SANTOS!


O rio buscando o mar vai silencioso
No leito manhoso águas a rolar
No beijo das ondas tentando encontrar
Para desfrutar de um amor gostoso

Como eu queria ter a sorte desse rio
Buscando o carinho de um grande amor
Ele encontra o mar, eu encontro a dor
De passar minhas noites no malvado frio

Sem carinho, sem afeto e sem amor
Como é triste o viver na solidão
Pra minha angustia nem a sombra da paixão

Me conforta com a mínima esperança
Do passado só me resta uma lembrança
De quem teve um grande amor no coração