segunda-feira, 20 de setembro de 2010

MEU ANIVERSÁRIO - REGISTRO

Sábado 18 de Setembro, amanheci de idade nova.
Havia passado a noite no hospital com a minha mãe que encontra-se internada, mas graças a Deus nada grave, apesar da sua idade 88 anos inspirar cuidados diários. Mas enfim... meu aniversário. Logo ao chegar em casa, recebi uma ligação da minha amiga Ceicinha Câmara que reside em Portugal a mesma dedicou-me um lindo acróstico e assim, foi durante todo o dia, recebendo ligações de amigos e amigas me desejando um feliz aniversário, graças a Deus tenho amigos, e sei amar os meus amigos, os mesmos são pérolas preciosas que Deus colocou em minha vida,e eu agradeço a Deus por todos eles, os meus amigos são assim com o escritor Mery Medeiros que me presenteou com uma festinha com direito a bolo e presentes no seio da Sociedade de Poetas Vivos e Afins, entidade que amo e que me faz sentir feliz junto aos poetas e poetizas que lá se congregam e que tenho o prazer de está a frente, fazendo jus ao mandato que os meus amigos esperam...
Amei as flores que minha amiga, a sempre bela Vivi Viana me presenteou, eu sempre fico emocionada em receber flores, adoro isso e Vivi não tem dimensão da emoção que ela me fez sentir com esse gesto.
Recebi poemas e o mais importante, a visita dos amigos... na ciranda poética especial do meu aniversário, onde os poetas amigos me receberam. Américo Pita, Xico Seridó, Evaldo, minha amiga Arlete Santos a pequena grande poeta, a amiga de toda hora Fátima Maciel e Cícero, Vivi sua sogra e seus cunhados, Pedro Grilo, M.C.Garcia, meu poeta Ed Santos, a minha amiga querida do peito Neidinha Moura, José Ivan, o vereador George Câmara um amigo muito querido e grande parceiro da SPVA... Socorro Guimarães, Ademar Macedo, Hipólito, Miranir Cunha, Jaércio, dentre outros.
A tarde já se findando e na ciranda poética, onde as comemorações atingiram o ápice, as comemorações apenas iniciando. Neidinha coordenando o evento... e eu em êxtase, foram momentos mágicos, tudo parecia um sonho... tentem imaginar o tamanho da emoção, as palavras de carinho e apoio dos meus amigos presentes, o carinho de Ed, e todos presentes me fizeram sentir muito amada, mas as surpresas estavam so começando, Deth Haak, a Poetisa dos Ventos em meio a Ciranda Poética telefonou do Rio de Janeiro, onde está participando do 1º congresso Nacional dos Poetas Virtuais, e pelo telefone eu tive a emoção de ouvir dos poetas presentes ao encontro, lá no Rio de Janeiro, uma felicitação de parabéns e uma palavra amiga, logo após cantaram parabéns pra você, e eu comecei a cantar também, o que os poetas aqui da SPVA, fizeram o mesmo. Foi um momento único em minha vida, que ficará guardado em minha memória para sempre,obrigada a todos e todas, é o sentimento que a poesia faz. Viva aos poetas da SPVA e do mundo.
Deus abençõe a todos.