domingo, 26 de setembro de 2010

POEMA DE CEICINHA CÂMARA PARA FLAUZINEIDE MOURA

Paraíso Celestial

Não fiques triste!
Apenas fechei os olhos.
Não chores!
Apenas deixei meu corpo fadigado.
Acabou meu sofrimento!
Sinta-me nos seus 5 sentidos.
Estou feliz!
Serei em sua memória
a mesma pessoa que fui ontem.
Creio que seja uma ótima idéia!
Já não tenho problemas...
Já não sinto dores.
Tenhas fé!
Apenas fechei a cortina do meu palco
e estou deslizando em plenitude,
em estado de graça,
numa viajem rumo ao "Paraíso Celestial"
onde permanecerei vivo
lembrando da sua amizade
em espírito de amor.

Ceicinha Câmara
Cearamirinense.
Radicada atualmente em Vila do Bispo.
Região Algarve - PORTUGAL
03 DE Setembro de 2010.