terça-feira, 28 de setembro de 2010

POETA ACACI RETORNA DE CAXAMBU

Olá Amigo (a).

A estada em Caxambu
foi uma coisa divina.
Deus abriu uma cortina
de um show da natureza,
e eu senti sua grandeza
no verde dos matagais,
nas curvas dos bambuzais,
no vermelho dos tiês,
na florada dos ipês,
e no canto dos sabiás.

Lá no hotel caxambu
fiz um show de poesia
e com muita alegria
eu fui homenageado,
depois de condecorado
falei das coisas daqui:
O Pico do Cabugi,
a beleza do arrebol,
e do lindo por do sal
na beira do Potengi.


Cheguei a Parnamirim/RN na madrugada deste sábado 25/09, ainda guardando na mente aquelas lindas imagens da natureza de Caxambu, nos ouvidos, o som harmonioso do violão de sete cordas de Reinaldo de Vitto do Bandolim de Gilberto Silva e do Vozeirão de Epaminondas Gonçalves, cabras da peste lá de Uberaba, no paladar, o sabor gostoso do queijo mineiro e, no coração, a energia maravilhosa do povo mineiro, uai!

Um abraço

Acaci