domingo, 17 de outubro de 2010

MENSAGENS POÉTICAS DO ADEMAR MACÊDO

<<<>>>

Lembranças, todos nós temos...

mas só vale a pena ter,

quando algo que já vivemos

valeu a pena viver!

(Vanda Fagundes Queiroz/PR)

<<<>>>

Quem contempla o céu deduz

que, formosa em seu regaço,

a Lua é ilha de luz

no oceano azul do espaço.

(José Lucas de Barros/RN)

<<<>>>

2010 > São Paulo/SP

Tema > FEITIÇO > Venc.

Tens tal feitiço no olhar
que, em nosso adeus, por encanto,
foram gotas de luar
que escorreram do teu pranto!
(Wanda de Paula Mourthé/MG)

<<<>>>

SIM, DESEJO-TE.

Maria Luiza Walendowsky/SC

Desejo teus olhos como duas estrelas,

tua boca como a lua,

teu sorriso a me aquecer

tal qual um sol de inverno!

Desejo entrelaçar nossas mãos,

e caminhar a teu lado...

E que tuas mãos

explorem meu corpo

como um mar profundo...

Desejo sentir longos suspiros

do teu coração!

Sim, desejo-te por inteiro...

<<<>>>

A chuva é para o sertão

como se fosse um troféu.

Deus abre com um trovão

a caixa d’água do céu!

(Ademar Macedo/RN)

...E Suas Trovas Ficaram:

Amigo é aquele que estende

sua mão para servir,

antes que aquele a que atende

seja obrigado a pedir.

(Ney Damasceno/RJ)

<<<>>>

Eu não sei pra onde vou

Mas eu acho a vida linda,

Meu sonho não se acaba

Meu prazer nunca se finda,

E o meu castelo de verso

Ninguém descobriu ainda.

(Fenelon Dantas/PB)

<<<>>>

MANDACARU.

– Palmira Wanderley/RN –

De manhãzinha é sempre o meu cuidado

dar-te o bom-dia e olhar se tu floriste...

E eu vou-me embora sem te ver florado

e tu nem sabes como eu parto triste!

Quando cheguei tinhas desabrochado

a flor mais alva!... E tu nem pressentiste

a pena que sofri, vendo fechado

o teu floral. E o meu desejo insiste.

Dizem que, vez por outra, reflorindo,

tal qual um pé de estrela-d’alva abrindo

Nossa Senhora vem te olhar assim...

E eu me fico a esperar que, na partida,

quando eu disser-te adeus, na despedida,

abras, ao menos, uma flor pra mim!