terça-feira, 2 de novembro de 2010

MENSAGENS POÉTICAS DO ADEMAR MACEDO

<<<>>>

Cadeira de academia

é um "chama" sepulcral...

pois quando fica vazia,

lá se foi outro imortal!

(Francisco José Pessoa/CE)

<<<>>>

A deusa da minha rua

mora bem perto de mim;

vive a contemplar a lua

que ilumina o meu jardim.

(Gonzaga da Silva/RN)

<<<>>>

2007 > Niterói/RJ

Tema > ALVORADA > M/H

Abri mão das alvoradas
que eu pude ter e não quis,
e hoje enfrento as madrugadas
fingindo que sou feliz!
(Maria Nascimento/RJ)

<<<>>>

AINDA...

Maria Emília Xavier/RJ

Não tenho escrito nada...

Não por falta de vontade e de necessidade...

Mas, não quero botar no papel...

Não quero guardar,

Não quero lembranças...

Vai passar...

Todos os dias acordo e penso: hoje vai acabar...

Vem um novo tempo...

A manhã acaba...

A tarde passa...

A noite chega...

E pela manhã, a solidão me dá... Bom Dia.

<<<>>>

A própria taquicardia

regula a nossa emoção

quando os versos da poesia

toca o nosso coração.

(Ademar Macedo/RN)

...E Suas Trovas Ficaram:

Quinhentos anos mostrando

o poder da sua glória;

o Brasil vai revelando

o seu passado na história.

(Wanda de Oliveira/MG)

<<<>>>

A natureza se espalma

no mais completo abandono,

na mesma hora se acalma

sentindo o primeiro sono;

depois que tudo adormece

reza a derradeira prece

à noite que se encaminha,

surge a lua vagarosa

pensando triste e nervosa

passar a noite sozinha.

(Cancão/PE)

<<<>>>

SONETO DO RENASCER.

João Justiniano/BA

Pudesse recompor o meu passado

fazendo-o reverter no hoje e agora...

Traria minha mãe – Nossa Senhora,

Santa Ana ou Mãe Rosa, tendo ao lado.

Né Justino, Domingos e Toinho,

e eu, donzelo - adolescente ainda,

hora no trono, hora na berlinda,

não sabia de uísque nem de vinho...

E eis o sobrado e a escola de Dulcina,

a Rodelas humilde e pequenina,

de antes da barragem Gonzagão...

Inteiro meu passado, hoje e agora,

renasce diariamente a cada aurora,

preso, arraigado em mim, no coração...