terça-feira, 21 de dezembro de 2010

DO POETA HISTORIADOR AMÉRICO PITA

PARA GERALDA EFIGÊNIA
DO AMIGO AMÉRICO PITA


A minha amiga secreta
que além de grande poeta
é nossa amiga leal
este poema te ofereço
nesta noite de NATAL.

Seus poemas tem um encanto
que nos faz lembrar o canto
dos belíssimos rouxinóis
pois ativam nossas almas
só as pedras não batem palmas
por que não são como nós.

Ela é formada, é doutora,
poetisa, educadora
que encanta todo poeta
a vocês eu peço vênia
pois é Geralda Efigênia
a minha amiga secreta.