sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

UJS ENCERRA TEMPORADA DE TROCANDO EM MIÚDOS COM SUCESSO

No último sábado, 27, a União da Juventude Socialista realizou a sua 4ª e última edição de 2010 do Trocando em Miúdos, espaço mensal de debate político na Livraria Siciliano, no Midway Mall. Como convidadas, as coordenadoras do Lições de Cidadania e professoras do curso de Direto da UFRN, Mariana Siqueira e Ana Mônica. Estiveram presentes, também, Fafá Viana, do SINDPETRO (Sindicato dos Petroleiros) e George Câmara, Vereador de Natal.


Mariana e Ana Mônica apresentaram suas opiniões sobre o tema questionando o sistema penitenciário brasileiro e afirmando que, ao contrário do que reza a cartilha dos grandes meios de comunicação, existe punição aos jovens envolvidos em crimes, que, dependendo da graduação, podem levar à perda da liberdade em instituições específicas para esse segmento.


Após a exposição do tema e a exibição de um filme, o debate foi aberto. Segundo Ramon Alves, Diretor da União Nacional dos Estudantes (UNE), é preciso corrigir uma grave distorção no Brasil que é a diferença de oportunidades dadas aos jovens brasileiros. "Não apenas há poucas oportunidades como também há uma turma que torce para que sejamos um país de poucos e para poucos. Isso ficou expresso no modelo de desenvolvimento debatido nos últimos meses, durante o período eleitoral. Venceu o Brasil que quer incluir a maioria do povo e é o seu conteúdo o que devemos disputar".


Para o Presidente Estadual da União da Juventude Socialista, Wangle Alves, o tema serviu para apresentar aos que participaram do Trocando em Miúdos, filiados ou não à UJS, um debate que é carro-chefe da entidade. "Antes da discussão sobre idade penal, nós queremos discutir o que é fator relevante disso tudo que é um grande contingente juvenil que pensa no seu futuro e não vê condições de melhorar. Muitos ainda são vítimas de violência, de uma educação que está anos-luz das nossas necessidades, de uma cultura cara e de um mercado de trabalho extremamente exigente. Reivindicar a redução da maioridade penal é omitir os verdadeiros fatores que geram a grande violência juvenil no país".


O tema Redução da Maioridade Penal encerrou a série de debates da Direção Estadual da UJS durante o ano de 2010 que retoma com força total os grandes temas políticos e sociais a partir de janeiro de 2011.

Fonte: www.ujspotiguar.com.br