domingo, 30 de janeiro de 2011

ROBERTO PINHEIRO DE ACRUCHE E MAIS UM BELO POEMA



ELA E O VIOLONCELO

Hoje a orquestra se apresenta,

quero que sejas o som maior da melodia.

Pudera colocar no arco os meus cabelos

para tocá-lo com desvelo

e pudesses sentir o carinho extremo

que tenho por ti.

-Abraça-me com ternura

toca-me com suas mãos macias

faça-me toar com alegria

quero musicar teus sonhos.

Conduza-me nessa dança

toque uma canção de amor

sou o instrumento da tua poesia

e nos compassos

balança-me intensamente

em teus braços.

Roberto Pinheiro Acruche