terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

AS MENSAGENS POÉTICAS DO ADEMAR MACEDO

<<<>>>

ROSA TATUADA.

Divenei Boseli/SP

Meu coração foi uma flor viçosa,

foi uma rosa rubra e perfumada,

embora fosse rosa tatuada

por quem sabia tatuar a rosa;

quem, no meu peito, a fez misteriosa,

juntou meu corpo ao seu na madrugada

e me fez crer, sem que dissesse nada,

no gozo da alma quando o corpo goza...

Agora, só escuto só a voz do vento

que avisa: - “quem partiu não vai voltar...”

e eu choro e sangro um negro mar de mágoas.

Que algum corsário escute o meu tormento:

rasgue o meu peito, enterre-me no mar,

deixe que a rosa bóie à flor das águas!

<<<>>>

Transformei meus descaminhos
em fortunas grandiosas:
quem não navega entre espinhos,
não encontra o Mar de Rosas!

(Sérgio Ferreira da Silva/SP)

<<<>>>

Quantas lições primorosas,

num pequeno beija-flor,

que beija todas as rosas

enchendo o mundo de amor!

(Prof. Garcia/RN)

<<<>>>

2007 > Itabapoana/RJ

Tema > VIRTUDE > M/H.

O belo da juventude

traz orgulho, por costume.

Mas beleza sem virtude,

é qual rosa sem perfume.

(Ruth Farah/RJ)

<<<>>>

A CIÊNCIA É MENTIROSA.

(Zé de Cazuza/PB)

Vê-se as flores naturais

perfumando o ambiente

e é muito diferente

das flores artificiais,

umas cheirando demais

e a outra sem ser cheirosa,

quando o homem faz a rosa

fica faltando a essência;

diante da providência

a ciência é mentirosa.

<<<>>>

Tu me mandaste uma rosa,

perfumada e muito bela;

mas você é mais cheirosa

do que esta rosa amarela.

(Ademar Macedo/RN)

<<< ...E Suas Trovas Ficaram >>>

Não te comparo a uma rosa,

porque, se a rosa souber,

vai ficar muito orgulhosa

e intitular-se mulher!

(Baltazar de Godoy Moreira/SP)

<<<>>>

Se faltar no final uma canção

nenhum brilho virá dos horizontes,

nossos olhos verão além das fontes

umas marcas de chagas pelo chão,

todas rosas do campo morrerão

e secarão as roseiras do pomar,

nem sequer uma ave irá cantar

para o dia nascer com mais beleza;

nada mais restará da natureza

quando o ultimo poeta se calar.

(Sebastião Dias/RN)