sexta-feira, 18 de março de 2011

POEMA DA MARAVILHOSA CLEVANE PESSOA - POETISA POTIGUAR RESIDENTE EM BH.

Com muitos abraços, respondendo ao poema de geralda Efigêenia, que encontrei no blog da SPVA/RN:

Saudando as Poetisas

E eu, saúdo a Presidente
que saudou tantas mulheres,
que daqui , fiquei contente,
em ser uma das colheres.

Na corrente da saudade,
cada qual, se multiplica,
desejo felicidade
numa fila que se estica...

Meu desejo é que aqui toquem.
-do Nordeste até as Gerais-
e que ao chegar, recoloquem
batom , bijoux e coisas mais.

E então faremos cirandas,
contaremos nossa história,
cantaremos alamandas,
pintaremos nova glória...

Até no chão, escreveremos,
mil mulheres encantadas,
no Nordeste, nos fazemos,
chegamos multiplicadas...

Dirão, por onde passamos,
“Cada mulher potiguar
Parece, em floridos ramos,
Deitar-se para sonhar...”

E quando formos embora,
O ar ficará cheiroso,
De cada moça ou senhora
Com seu ar maravilhoso...

Clevane Pessoa, no mês da Mulher, para as confreiras da SPVA-
Parabéns, guerreiras poetisas !Saudades!