domingo, 17 de abril de 2011

A EXPRESSÃO POÉTICA DE PAULO RICARDO REIS

A PRESENÇA AINDA QUE DISTANTE

Ter amigos é não ter silêncios
É espelhar -se na dimensão do mar
É encontrar a paz no crepúsculo
Na poesia constante e fiel do fascinar.

É sempre a presença ainda que distante
e nos momentos de asfixia o ar
a luz que ilumina as brancas trevas do caminho
e não sentir-se na pior solidão sozinho.

Amiga é sorriso calmo
a lágrima companheira da estranha dor
e sem dúvida tradutor em pensamentos
do maior e mais puro amor.

É isso amiga, é um dilúvio contagiante
é o crescer e o lutar da vida à morte
e ter querer e poder contar com uma gigante.


Presente poético, me emocionou bastante do meu aluno Paulo Ricardo Reis, Curso de Pedagogia da Universidade Estadual do Vale do Acaraú/ Polo de Parnamirim/RN