terça-feira, 14 de junho de 2011

POETAS DA SPVA/RN PRESTAM TRIBUTO PELA PASSAGEM DE MAIS UM ANIVERSÁRIO.



POETAS MÁRIO LÚCIO, ARLETE SANTOS, HILDA FURACÃO, FÁTIMA BEZERRA E ROBERTO NOIR (PRIMEIRO SECRETÁRIO DA ENTIDADE CULTURAL)


POEMA COLETIVO


SPVARN

*
Celeiro do espírito poético
da língua potiguar

(Jania Souza)
Um canto de encanto onde o
momento te faz flutuar
com sorriso e poesia hoje é
dia de sonhar.

(Arlete Santos)

*
Ao iniciar, SPVA
não adormeceu,
agora na adolescência
Poesia vai ferver
e melhor acontecer.

(Fátima Bezerra)

*
Ó grande e suntuosissímo palácio das artes
frequentado por grandiosos poetas
que retratam com maestria nossa realidade
assim como suas alegrias e tristezas secretas!

(Roberto Noir)

*
Mais um aninho de vida
quatorze anos SPVA querida
de rimas versos e poesias
a poesia vem sorrindo.
Poetas estão te aplaudindo
com muito amor e alegria.

(Hilda Furacão)

*
A poesia é água pura
límpida, diáfana, clara
que somente é encontrada
em fonte preciosa e rara
tanto tempo tive sede
de poesia, até encontrar
a água desta cacimba
que é a SPVA.

(Mário Lúcio)

A poesia corre solta
na alma dos que sabem
e possuem o dom poético.
Na SPVA encontram o aconchego
de falar o que a alma sente.

(Geralda Efigênia)

fonte: www.janiasouzaspvarn.blogspot.com