sexta-feira, 15 de julho de 2011

É HOJE A FESTA DE ANIVERSÁRIO DA CASA DO BEM!


Casa do Bem completa hoje, um ano de sede própria.
A festa será em Mãe Luiza, com show de Pedrinho Mendes e apresentações culturais de projetos da ONG, por Verônica Garrido. Um sonho que virou realidade...
Realidade que completa um ano.
Nesta sexta-feira, 15 de julho, a festa é da Casa do Bem, que comemora, com programação cultural, aniversário de concretização da sua sede própria, inaugurada em 2010.
O dia de comemorações começa com um almoço na pizzaria Reis Magos para um grupo de crianças e jovens atendidos pela ONG.
À noite, a partir das 19h,
a festa continua na Casa do Bem, em Mãe Luiza, com apresentações culturais dos projetos da entidade; DJ Berto, show voz e violão de Pedrinho Mendes, com a participação do Coral Infantil da Casa do Bem; e lançamento do CD do Bem, produzido por Nelson Freire. Com poucos recursos e muita boa vontade, o escritor, jornalista e ativista social Flávio Rezende, presidente da Casa do Bem, tem conduzido a entidade com a ajuda de voluntários e doações de empresas parceiras e amigos. “O trabalho flui do coração e é feito com muito amor, sem que haja muito interesse em questões quantitativas de quanto doamos de alimentos, roupas e quantas pessoas beneficiamos, o que nos move é ir fazendo, educando, informando, tornando as pessoas mais aptas, em todos os sentidos, ao enfrentamento da realidade e as inserindo no mundo da cultura, do esporte e do lazer”, explica Flávio Rezende, que completa 50 anos de idade também no dia 15 de julho. Segundo ele, durante este primeiro ano de funcionamento, a Casa do Bem levou jovens e idosos para shows, pontos culturais, jogos de futebol, ajudou eventos diversos em Mãe Luiza, foi parceira em diversas ações com outras ONGs e ofereceu em seu espaço físico aulas de balé, informática, alfabetização, violão, percussão, reforço escolar, gastronomia, karatê, hip-hop, mit-box, acupuntura, orientação jurídica e psicológica, exibição de filmes, futebol, futsal, futevôlei, inglês, francês, alemão, peças, entre muitas outras atividades. Mas, em meio a tantas realizações, o presidente da ONG conta que não tem sido fácil manter as atividades da Casa por falta, principalmente, de apoio financeiro. Ele desabafa: “Respiro a Casa do Bem 24 horas, é um sonho que virou realidade, hoje busco de todas as formas manter a ONG funcionando, mas não tenho conseguido muitos apoios. Temos até agora só um apoio governamental, que é da Prefeitura da Cidade do Natal, de algumas empresas e dos poucos amigos. Isso é o que tem tornado a Casa do Bem possível”. Mesmo diante desses problemas, Flávio faz questão de deixar bem claro sua determinação em continuar lutando: “Apesar de tudo, o ideal é maior e permaneço com a chama acesa, pois minha missão é ajudar, e disso não abro mão. Agradeço aos que aderiram à campanha Gente do Bem e a todos que confiam no meu trabalho e aos voluntários dedico este primeiro ano, pois, sem eles, nada seria possível. Eu corro atrás para fazer o navio funcionar, mas são os voluntários que, em seus postos, dão o rumo a nau e a conduzem de maneira correta no mar da vida", declara. Para este segundo ano de sede construída, Flávio tem como meta “continuar merecendo o apoio dos que estão ajudando e tocar o barco da mesma maneira. Estamos conseguindo informar, educar, ensinar e entreter muitas pessoas de todas as idades e isso é o que devo continuar fazendo”, finaliza. A Casa do Bem começou com pequenas atitudes de Flávio Rezende, que, ao fixar moradia em Mãe Luiza durante 18 anos, começou um trabalho social pessoal, evoluindo para ajudar projetos realizados por pessoas do bairro e, culminou com a construção e funcionamento da Casa do Bem - Dr. Fernando Rezende, hoje uma ONG reconhecida nacional e internacionalmente, com vários prêmios e exposição em programas nacionais nas diversas redes de televisão do Brasil e do exterior. A festa de um ano da Casa do Bem é aberta ao público e também está recebendo doações. Quem quiser ajudar pode ligar para 3202-3441 / 9612-8300. A ONG vive da doação espontânea das pessoas ou de depósitos bancários (Conta 26847-X / Agência 1668-3 / Banco do Brasil) ou da entrega de materiais diversos na sede, que fica na rua João XXIII, 1719, em Mãe Luiza. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 9902-0092 ou no site www.casadobem.org.br. --
Parabéns Jornalista Flávio Resende: Um exemplo a ser seguido!
Verônica Garrido
(84) 9922-368
fonte: www.vivicultra.blospot.com
a bela Vivi