domingo, 28 de agosto de 2011

A EXPRESSÃO POÉTICA DE ZÉ MARIA - MACAU/RN

GUETOS

Tal soneto não vai, nem vem

Meu protesto vem do além

É um sentimento que se tem

Pois os guetos não, mas vem

Meu protesto vem do além

Do presente, de um desdém

Dessas coisas que queremos

Esperamos, esperamos, mas não vem

É um sentimento que se tem

Trabalha, não ganha um vintém

Se mora paga-se o que não tem

Pois os guetos não vão, mas vem

Das favelas vistas do trem

Que a maré beija umas cem.

As favelas ribeirinhas de NATAL:

MARIA