sexta-feira, 28 de outubro de 2011

TROVASNOTICIAS DE PEDRO ORNELLAS

Trovas nas Gotas de Pinho Alabarda


Quem não se lembra? Por muitos anos, os saquinhos de pastilhas traziam um adesivo com trovas, selecionadas por Maria Thereza Cavalheiro.

Teve papel importante em levar a trova para o povo. Já nas suas últimas edições, algumas de minhas trovas foram incluídas, e constatei o alcance que tinha.

Muitas pessoas conhecidas as encontraram, algumas da vizinhança e outras de longe. Uma das trovas ganhou popularidade, inclusive foi postada por diversas mulheres em seu perfil do orkut.

Essa aqui:


Por natureza, enganosa...

Meiga e boa - quando quer!

Fogo e gelo, espinho e rosa,

anjo e demônio: MULHER!

Pelo menos alguns trovadores apreciaram saber, através de nosso artigo sobre MTC, que havia sido ela a organizadora.

Leiam no Blog do Sérgio Ferreira, reminiscências do autor:

http://trovasecia.blogspot.com/2011/09/foto-na-frente-do-mapa-e-as-gotas-de.html

A trova no rádio

- Programa HORA DA TROVA.

Todas as segundas, às 19 horas: www.belemvelho.blogspot.com

Mande e-mail com algumas trovas. O apresentador Flávio Stefani promete ler todas no ar: horadatrova@hotmail.com

- HOMENAGEM A NOSSOS POETAS.

Todos os sábados das 17 às 18 horas.

Rádio Caicó 1290 AM - Caicó / (RN) Rio Grande do Norte

Apresentação: Prof. Garcia-RN

Postagens de hoje, no Blog do Pedro Melo:

Sonetos do Miguel e da Maria.

Trova do Dia e comentários sobre a autora, Maria Magdalena Ferreira.

Não deixem de ler:

http://pedromello-ubt.blogspot.com/

Trova Viva

Aproveite e dê um clique no nosso blog. Leia histórias de trovadores e nossa homenagem ao Pedro, que é uma parada.

Apesar do aparente desinteresse, vou insistir:

Mesmo que você não goste do blogueiro, mande suas histórias para que fiquem registradas. Se preferir, a gente cuida da redação.

Deixe um recadim no mural, é facim, facim, e a gente vai ficar munto contente... Mesmo que seja só pra dizer: "Num vô co'a sua cara".

www.vivatrova.blogspot.com

Abraços do

Pedro Ornellas

--
"Amigo que foi, não era."
(Pedro Ornellas)