segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

MANOEL TORRES UM QUERIDO GUERREIRO DO SERIDÓ - AVÔ DA ESCRITORA LETICIA TORRES.

MANOEL TORRES
uma referência moral na política do RN. Concordo com Robson Pires, por isso publico. Querida amiga Leticia, eu também achei lindo o texto. Eu conheci a história de seu avô de pertinho, sou seridoense e me orgulho muito disso.
Deus está cuidando dele, pois Manoel Torres é patrimônio da nossa região do Seridó.



-----------------

Manoelizar: Manoel Torres se tornou um verbo de honestidade na política do Estado

- Publicado por Robson Pires - Em Notas - 23 dez 2011 - 16:54 -


Já não se fazem mais políticos como antigamente. Já não se fazem mais políticos como seu Mané, como é carinhosamente conhecido um dos maiores e mais probos líderes políticos da história recente do Rio Grande do Norte. Manoel Torres é um autêntico bacural, oriundo do velho MDB de guerra, me refiro a aquele MDB que levou o país de volta a democratização, não este PMDB de hoje que virou um partido sem filosofia e sem proposta para o país.

Lembro-me bem da campanha de 1988, quando o velho sábio disputava pela segunda vez a Prefeitura de Caicó. Movimento singular, braço direito levantado com a mão espalmada, e o bordão “Caicó de Cabeça Erguida” foram marcas registradas e levaram Seu Mané à vitória naquela eleição. Hoje, aos 93 anos, ele é um referência moral na política do RN.

Mesmo os mais ferrenhos adversários políticos reconhecem em Manoel Torres a ética e a honestidade, valores raros de se ver nos dias atuais, que o diga os recentes escândalos divulgados pela imprensa potiguar. A política do Estado precisa de uma boa dose de Manoel Torres. Ela precisa se manoelizar. Nosso povo não aguenta mais tantos escândalos, desvio disso, daquilo. Manoelizem-se, senhores políticos.

O Homem que tanto fez por Caicó, hoje luta pela vida, mas não está vencido. Ele resiste e adianto que nem a morte venceria Manoel Torres, pois ele já escreveu seu nome no panteão de heróis do Seridó onde figuram nomes como Dinarte Mariz, Walfredo Gurgel, José Augusto, Dom Eugênio Sales, entre outros. Seu Mané precisa de nossa fé. Continuemos na corrente positiva.


mais detalhes: