domingo, 25 de março de 2012

PROJETO REVIVER, UMA BENÇÃO UMA MAGIA, UM MOMENTO DE MUITO PRAZER!



Hoje, (25/03) esse grupo de adolescente que fazem parte do projeto reviver, fizeram uma bela e emocionante apresentação, para os acadêmicos de pedagogia da Universidade Estadual Vale do Acaraú - UVA/IBRAPES - POLO DE VÁRZEA/RN. Nossos agradecimentos recheado de admiração.

Projeto Reviver

APRESENTAÇÃO

· MISSÃO: Contribuir para a melhoria da qualidade de vida das famílias cadastradas e das comunidades onde estão inseridas.

· O PROJETO REVIVER é uma organização não governamental, sem fins lucrativos que adota como princípios fundamentais a ação voluntária, a solidariedade e o respeito às diferenças individuais, e define como linhas básicas de ação:

10) A Promoção da Saúde Integral, desenvolvendo atividades educacionais que visam informar sobre diversos temas ligados a saúde e que contribuam para formação de hábitos individuais e coletivos de prevenção, manutenção e cura de vários agravos, em especial, os que compõem o elenco contemplado pela atenção básica, com destaque para a cárie e outras doenças que acometem a cavidade oral. Neste caso, o Projeto Reviver oportuniza o acesso à saúde bucal, realizando procedimentos odontológicos curativos e preventivos.

20) Desenvolve uma linha de ação que dá prioridade aos aspectos econômicos em função da melhoria da renda familiar, priorizando a qualificação, o aperfeiçoamento e o treinamento de mão de obra, na tentativa de engajar os membros das famílias cadastradas no mercado formal e informal e ainda, identificando alternativas de redução de custos nas operações domésticas, que resulte no aumento da renda familiar.

30l) Finalmente, compondo a tríade estratégica, a terceira linha de ação da Organização, adota a cultura, a arte, a atividade física e o entretenimento como eixo temático na busca da melhoria da qualidade de vida, e estabelece como prioridade o incentivo, o apoio e a promoção de eventos que permitam congregar valores artísticos, descobrir os valores novos e reconhecer os existentes entre os adeptos das diversas manifestações artísticas e esportivas da localidade.

ESTRATÉGIA

1. O PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO “ATENDER INFORMANDO” é a ação que permeia e unifica as três linhas básicas desenvolvidas pelo Projeto Reviver. Foi estrategicamente elaborado para perseguir os objetivos preventivos e educacionais propostos, e ser utilizado como instrumento estratégico e metodológico de Educação Permanente, considerada a ação presente em todas as fases de implantação, execução e avaliação dos diversos projetos e subprojetos, eventos e atividades promovidos e executados pela Organização PROJETO REVIVER, tais como:

· Programa de Promoção da Saúde Integral e Prestação de Assistência Odontológica.

· Programa MUCIDADE – Música e Cidadania na Comunidade( Escola de Iniciação Musical – Saúde Bucal - Oficinas de Arte e Artesanato e Cidadania para crianças acima de 8 anos)

· Programa Alertando ao Idoso/VICIARTE ( Oficinas e Feira Permanente de Arte e Artesanato).

· Projeto Vivenciando as Artes – Historia da Arte e Pinacoteca Didática Itinerante.

· Programa Turismo e Voluntariado.

· Jornal Reviver

MANUTENÇÃO:

Prestação de Serviços, Convênios, contratos, Parceria, Promoção e Produção de Eventos e doações.

PARA UNICEF – CRIANÇA ESPERANÇA

Histórico da instituição (O texto deve possuir até 1250 caracteres.)

· Como a instituição foi criada e com que objetivos?

A Organização Projeto Reviver desenvolveu suas primeiras ações em 2000 na Praia de Pitangui,/Extremoz /RN, oportunizando o acesso a serviços odontológicos para 107 famílias de pescadores. Entendendo a necessidade de realizar atividades relacionadas à promoção social passou realizar oficinas de artesanato e outros trabalhos manuais, visando a complementação da renda familiar. Além de envolver os jovens com atividade recreativas e esportivas. Em março de 2002, transferiu-se para Pirpirituba – Paraíba onde legalizou-se oficialmente, em 20 de maio de 2003, aprovando estatuto e elegendo uma diretoria, e definiu como missão A contribuição para a melhoria da qualidade de vida das famílias cadastradas e das comunidades onde instaladas sua sede e unidades executoras, e como objetivos: 1. Proporcionar oportunidade de acesso a educação, saúde, arte, cultura e outras áreas do conhecimento humano que favorecendo geração de renda, o exercício da cidadania e a familiarização com a arte e cultura, estimulando a formação de um público e consumidor e criador de produtos artísticos e culturais.

  • Qual sua finalidade de acordo com o estatuto da ONG?

3. OBJETIVO:

  • Proporcionar oportunidade de serviços de educação, saúde, arte e de outras áreas do conhecimento humano que favoreçam a geração de renda, o exercício da cidadania e o acesso a melhoria da qualidade de vida.

4. QUEM SE BENEFICIA

· Todos os cidadãos que desejem se filiar e participar das atividades promovidas pelo PROJETO REVIVER e comunidade em geral.

5. PÚBLICO ALVO

A família – Todas as ações do Projeto Reviver estão voltadas para os membros da família filiada. Cada família terá um Filiado Titular com tantos Filiados Dependentes quantos forem os componentes da unidade e sob a sua responsabilidade e proteção. Para facilitar ainda mais o acesso, o titular pode ser o pai, a mãe, o esposo ou esposa, o filho ou a filha maior de idade, casado ou não, e sem, necessariamente, residir no mesmo endereço, bastando para isto que os pais tenham mais de sessenta anos e que os demais filhos ou irmãos sejam menores de 16 anos.

O Projeto Reviver prevê ações para todas as idades, contudo potencializa a sua obra, direcionando os subprojetos, as ações, as atividades e os eventos para os jovens, em especial, de 10 a 25 anos, onde se insere o processo de formação de monitores, jovens de 15 a 29 anos, selecionados e treinados como multiplicadores da ação voluntária, solidária e acolhedora.

6. HISTÓRICO DO PROJETO REVIVER

06. 1 – EM 2000

A Organização Projeto Reviver que tem como missão “a melhoria da qualidade de vida de seus filiados e da comunidade onde se encontra instalada sua sede ou unidade executora” iniciou suas ações em 2000 e tem sido mantida graças o esforço do seu idealizador, o arte-educador e dentista, Luiz Manoel de Freitas. É uma organização não governamental, sem fins lucrativos que começou na Praia de Pitangui, município de Extremoz /RN, onde atuou até março de 2002. Iniciou sua história oportunizando o acesso a serviços odontológicos, porém ao cadastrar 107 famílias de pescadores entendeu a necessidade de realizar atividades relacionadas à promoção da saúde e atividades voltadas para o treinamento de mão de obra, passando então a promover oficinas de artesanato e outros trabalhos manuais, que favorecessem a complementação da renda familiar. Neste período nenhum registro foi feito, salvo em dezembro de 2001, quando promoveu, em parceria com a Associação dos Moradores e um grupo da Igreja Católica, o Bazar Natalino e em seguida a Confraternização dos participantes. Participou também neste período do passeio ciclístico promovido pela Associação dos Moradores.

Em março de 2002, o idealizador do Projeto Reviver, convidado a trabalhar em Pirpirituba - Paraíba, sua cidade natal, instalou uma comissão para dar continuidade a Unidade de Pitangui transferindo a sede para a Referida cidade e junto a 23 conterrâneos, fundou oficialmente a Organização Projeto Reviver em 20 de maio de 2003, aprovando estatuto e elegendo uma diretoria.

Logo após a sua instalação no município, programou e realizou os seguintes eventos:

06.2 - EM 2002 (antes de ser fundada oficialmente)

· Lançamento do livro “Reviver (mensagens e poemas)” de autoria do seu idealizador com apresentação do espetáculo musical “Reviver”, adaptado do livro pelo jornalista potiguar Alexandre Benício.

· Participação na Semana de Saúde Integral promovida pelas Secretarias Municipais de Saúde, Educação e Ação Social;

· Início do cadastramento das famílias que recebiam, mediante pagamento de taxa, matéria prima para tratamento odontológico.

06.3 - Em 2003

· Assembléia de Fundação em 20 de maio de 2003;

· Evento de Capacitação dos Sócios fundadores;

· Posse da Diretoria

· Treinamento de 40 Divulgadores Jovens;

· Festa de Lançamento do Projeto Reviver em parceria com as escolas existentes no município, escolhendo a mais Bela Estudante, com o objetivo de apresentar a organização a sociedade e captar recursos;

· Prestação de Serviços odontológicos;

· Formação de um abanda de música – a Banda Prisma – formada por adolescentes, um grupo de forro e um grupo de seresta.

· Promoção da Festa de 50 anos de Emancipação Política do Município, a convite do Prefeito Municipal, desenvolvendo a seguinte programação: Reapresentação do espetáculo musical “Reviver”; organização da Festa das Personalidades, homenageando personagens e lançando a Banda Prisma; Lançamento do livro “Voltando às Origens” de autoria de uma madrinha do Projeto, Sheyla Maria Ramalho Batista e Luiz Manoel de Freitas, idealizador.

· Instalação do Programa de Capacitação “Atender Informando” com realização de eventos de promoção da saúde e de capacitação de mão de obra: Peças Teatrais sobre temas de promoção da saúde gravado no Teatro do Projeto Reviver).

· Encontro de Artes Marciais.

06.4 - Em 2004

· Inauguração do Espaço das Artes, para realização das oficinas de trabalhos manuais e artísticos e o Teatro Elis Regina, com 100 lugares. Na ocasião foi apresentado o espetáculo musical “Elis Vive”;

· Lançamento do livro “Contos, Cantos e Recanto da Nossa Terra – Pirpirituba” (cordel) de autoria de Zé Luiz, sócio fundador e agente comunitário de saúde.

06.5 - Em 2005

· Em João Pessoa – Paraíba, desenvolveu o Programa de Saúde Bucal na Escola - PSBE, atuando na Creche EduKar Alan Kardec que funciona no Centro Espírito Missionários da Luz, neste mesmo período, integrado ao PSF – Programa de Saúde da Família - Rangel VII, implantou o PSBE na Escola Shalom. Atuou também com um grupo de idosos realizando palestra e eventos educativos e preventivos previstos no Programa de Capacitação Atender Informando.

06.6 - Em 2007 –

· Em 01 de dezembro de 2007 a sede foi mudada para a cidade de Várzea – Rio Grande do

Norte onde atualmente conta com 252 famílias cadastradas e tem oportunizado o acesso a diversos serviços que são oferecidos através de instrumentos estrategicamente idealizados para permitir o desenvolvimento de uma metodologia que facilite a participação do público a que se destina. Entre estes instrumentos podemos citar:

01. O Núcleo Odontológico – realizando procedimentos curativos e preventivos que garantem a saúde bucal dos filiados e o desenvolvendo de um trabalho preventivo denominado Programa de Saúde Bucal na Escola, utilizado como atrativo em função formação dos grupos de arte que estão sendo formados com crianças de 10 a 16 anos, relacionados como participantes do MUCIDADE.

02. O Programa de Capacitação Atender Informando – desenvolvendo atividades e eventos capacitatório em função da prevenção da saúde integral, da cidadania e da melhoria da renda familiar.

03. O Programa Alertando ao Idoso – Integrando o idoso acima de sessenta anos com grupos de filiados na faixa etária de 29 a 59 anos de maneira a evitar o isolamento social e estimular a terapia ocupacional.

04. O Projeto Vivenciando as Artes composto de uma proposta de Curso de História das Arte, ainda não iniciou sua execução por falta de recursos, uma Pinacoteca Didática com 120 gravuras das mais belas obras dos 30 maiores mestres da pintura mundial, inaugurada em 06/12/2008 e de uma Escola de Iniciação Musical que se encontra em funcionamento com certa precariedade, desde abril/2009. Apenas 04 violões e 01 contra baixo e outros instrumentos como pandeiros, triângulo, reco reco, afoxé.

05. Um Programa de Voluntariado Turista onde oferecemos a oportunidade da execução de atividade voluntária a pessoas de qualquer parte do Brasil garantindo a hospedagem, desde que para isto seja apresentado um projeto viável de ser executado em no máximo 30 dias, assim vamos formando um quadro de voluntariado da organização.

06. Um Programa de Monitores Estagiários que trabalha com jovens de 16 a 29 anos, orientando quanto ao exercício das funções de recepcionista, auxiliar de secretaria, de escritório contábil, de consultório odontológico e de auxiliar de biblioteca.

07. 07 - Subprojeto Vida, Cidadania e Arte – VICIARTE composto de oficinas de trabalhos artísticos e artesanais, de uma feira de arte e de uma Caravana da Arte. Foi concebido para beneficiar membros com idade superior a 16 anos. Financiado pelo Programa Desenvolvimento Solidário- PDS do Governo Estadual em convênio com o Banco Mundial. Este é o único projeto/subprojeto que conseguimos recursos de instituições financiadoras e patrocinadoras, apesar de já haver enviado diversas propostas as mais variadas instituições públicas e privadas (faremos comentários das respectivas propostas mais adiante). O VICIARTE recebeu a primeira parcela no dia 19/02/2010 e a segunda no dia 10/07/2010, foi assinado um convênio com vigência de seis meses. Terá sua execução concluída no dia 19/08/2010. Está constituído de três metas principais: 01 – Instalação de um espaço físico para realização de oficinas práticas denominadas Espaço das Artes; 02 – Realização de 320 horas de oficinas práticas de trabalhos artísticos e artesanais, objetivando aperfeiçoar a mão de obra e produzir com padrão de qualidade; 03 - Instalação de uma Feira de Arte e Artesanato para comercialização permanente dos produtos das oficinas e oportunizar a participação dos artistas e artesãos da região Agreste Potiguar; Em fase final de execução já realizou 10 oficinas de arte e artesanato e esta previsto a inauguração da Feira de Arte e Artesanato para 28 e 29 de agosto de 2010.

08. Instalado em Várzea (01/12/2007) a Organização Projeto Reviver vem tentando implantar as linhas de ação que persegue há 10 anos, porém os recursos são poucos e mesmo encontrando um campo fértil para a realização dos trabalhos comunitários muitas têm sido as dificuldades de agir com recursos de doações dos padrinhos e com a arrecadação oriunda da participação das famílias cadastradas ou dos serviços prestados.

A organização não governamental sem fins lucrativos que vem desde a sua fundação, em 2000, perseguindo o objetivo de promover a arte e a cultura, muita dificuldade enfrenta, dado as condições dos seus beneficiários e sua própria história de luta, mesmo assim, graças ao desprendimento do seu idealizador tem inovado e em 2010 em comemoração aos 10 anos de existência, lança o MUCIDADE – Vida e Cidadania na Comunidade, programa que tem como objetivo contribuir no combate a ociosidade infanto-juvenil.

Unindo-se ao VICIARTE integrou a Escola de Iniciação Musical proporcionando oportunidade aos jovens de 08 a 29 anos de Estudar Música (teoria musical identificando a musicalidade através da flauta doce e prevendo a formação de uma banda), ale de aprender um instrumento musical de sua preferência (violão, teclado (previsão), contra baixo, percussão), de receber orientações e exercitar a cidadania, realizar atividades em oficinas de arte e artesanato, receber atendimento odontológico gratuito e complementar a renda familiar através da comercialização dos produtos da oficina de arte.

Ainda faz parte da história da Organização Projeto Reviver a luta por financiamento travada pelos seus colaboradores elaborando propostas (projetos/subprojetos) e enviando como respostas aos editais anualmente publicados, infelizmente, ou ainda não conseguimos apreender conhecimentos suficientes e necessários para elaborar um a proposta adequada aos interesses das instituições, ou estamos em um lugar escondido no interior do país, no Estado Rio Grande do Norte, que não desperta interesse publicitários a instituições e entidades financiadoras/patrocinadoras ou nossa causa não tocou ainda a sensibilidade dos avaliadores, salvo os que compõem o Programa de Desenvolvimento Solidário – PDS que nos permitiu beneficiar a localidade e região. Para concluir nossa vitoriosa, mesmo que sofrida história, relacionamos como ilustração as propostas encaminhadas ao longo dos nossos 10 anos:

1. Edição do Livro – Conto Canto e Recanto de Nossa terra – Pirpirituba em Verso – Autoria de Zé Luiz – Aprovado - Fundo de Investimento Cutural – FIC / Gov da Paraíba – R$ 2 400,00/ 2005

  1. Programa Alertando ao Idoso – Talento da Maturidade - Banco Real/2008;
  2. – Vivenciando as Artes – Oi FUTURO;
  3. - Pinacoteca Didática Itinerante
  4. - MUCIDADE - Música e Cidadania na Comunidade ( Interação entre Escola de Iniciação
  5. Musical, oficinas de arte, artesanato e cidadania) – BIRD.
  6. - Vivenciando as Artes - Fundo Brasil 2009
  7. - MUCIDADE - Música e Cidadania na Comunidade (Interação entre Escola de Iniciação Musical, oficinas de arte, artesanato e cidadania) – Fundo Brasil 2010.
  8. - MUCIDADE - Música e Cidadania na Comunidade (Interação entre Escola de Iniciação Musical, oficinas de arte, artesanato e cidadania) – FUNDAÇÃO LUTERANA
  9. – MUCIART – Música e Cidadania - FUNDO CANADÁ
  10. – Interação ArtGastronômica – BrazilFoundation/2010
  11. - MUCIDADE - Música e Cidadania na Comunidade – CESE
  12. - Vida, Cidadania e Arte – VICIARTE – OI FUTURO
  13. – Vivenciando as Artes (Exposição da Pinacoteca – Governo de São Luiz do Maranhão.
  14. – Exposição da Pinacoteca – superintendência do Banco Real – João Pessoa/PB.
  15. – Iniciação Musical – Fundação Luterana de Diaconia
  16. – MUCIDADE – Musica e Cidadania na Comunidade – Petrobras
  17. – Arte Via BB – Banco do Brasil
  18. – Vivenciando as Artes Via Correio (Exposição da Pinacoteca e oficinas de arte em Escolas Pública) – Espaço Cultural do Correio – Fortaleza/Ce.
  19. – Escola de Iniciação Musical – Programa BNB de Cultura edição 2010
  20. – Curso de Aperfeiçoamento em Música para Instrutores de Música - Programa BNB de Cultura edição 2010
  21. - Jornal Reviver – Informação e Educação - Programa BNB de Cultura edição 2010
  22. – Vivenciando as Artes - Programa BNB de Cultura edição 2010
  23. –Aliviando a Exclusão Digitocultural – BID
  24. – VICIARTE – Vida, Cidadania e Arte – PCPR/Programa de Desenvolvimento Solidário/FUMAC – Aprovado – R$ 76 734,84(75% Banco Mundial – 15% Governo do Estado e 10% Comunidade).

Essa é nossa história que será acrescida de mais essa batalha, mais esta proposta, pois a luta e a esperança de contribuir com as famílias filadas a Organização continuam.

09. EQUIPE TÉCNICA

Luiz Manoel de Freitas – Cirurgião Dentista e Arte Educador

Sheyla Maria Ramalho Batista – Odontologia e Licenciada em Educação Artística

André Galvão – Odontólogo

Carlo Adriano Ribeiro - Pedagogo

João Batista Marques – Técnico em Radiologia e Imobilização ortopédica

Maria Piedade Francisco da Costa – Ensino Médio – Artista Plástico e Artesã

Rosenilda Clemente – Estudante de Pedagogia – Artista Plástico e Artesã

Amanda Maira da Silva Santiago – Universitária de Pedagogia – Artesã

Cleide Cristiano da Silva – artesã

Maria da Luz Duarte – Costureira

Wilza Carla Pegado – Artesã

Gerônimo Inácio de Lima Oliveira - Instrutor de Música

Ana Eulália Dantas de Freitas – Analista de Sistemas

Eliete Brito - Pedagoga