quinta-feira, 6 de setembro de 2012





INSTITUTO PADRE MIGUELINHO


5º CONCURSO DE POESIA

                                            POETISA
                     GERALDA EFIGÊNIA macedo da silva


“Não é necessário interpretar uma poesia, pois ela é a própria     interpretação”
                          (Autor desconhecido)


Natal/RN
Agosto/2012






APRESENTAÇÃO

A Secretaria de Estado da Educação e da Cultura do Rio Grande do Norte – SEEC/RN, por meio do Instituto Padre Miguelinho, que ora comemora os 100 anos de existência, apresenta o 5º Concurso de Poesia intitulado “Poetisa Geralda Efigênia”.
A iniciativa desta ação visa fomentar o gosto pela leitura, através do fazer poético, no sentido de descobrir leitores/poetas.
O evento conta com o valoroso incentivo dos gestores Josué Araújo de Melo e Eliene Silva dos Santos.
Poderão participar os estudantes matriculados nos três turnos, com uma poesia inédita, estendendo-se aos ex-alunos da escola.
A proposta possibilita um contato mais expressivo com grandes poetas da literatura brasileira, bem como portuguesa e também escritores ainda desconhecidos, conduzindo o contingente a produzir suas próprias poesias. Os temas serão livres, entretanto sugere-se o centenário da escola.



                             INSCRIÇÃO
           
Os participantes poderão fazer suas inscrições na biblioteca da escola no período de 16.08 a 14.09/2012.
            O trabalho deverá ser entregue dentro de um envelope lacrado, identificados apenas por um pseudônimo.
Na ficha de inscrição o candidato deverá informar nome completo, endereço, título da poesia, contatos e o pseudônimo.

 JULGAMENTO
A seleção dos trabalhos será realizada por uma comissão de 4(quatro) membros, sendo 1(um) professor da escola e 3(três) membros de reconhecida capacidade literária indicados pela organização do evento.
A comissão terá plena autonomia de julgamento, não cabendo recursos de sua decisão.
O resultado será divulgado no evento de premiação em data a ser divulgada posteriormente.



                PREMIAÇÂO

1º lugar – R$ 500,00
2º lugar – Surpresa
3º lugar – Surpresa


COMISSÃO ORGANIZADORA

Ecy Tavares de Lucena
Eunice da Silva Rosado
Kátia Magali Araújo da Silva
Luzinete Rodrigues dos Santos

 
COMISSÃO JULGADORA
Evilásio José de Albuquerque Alves - Prof. de Lingua Portuguesa
Eduardo Gosson --Escritor
Sírlia Souza de Lima - Cordelista
Ciro José Tavares - Escritor

APOIO 
Secretaria de Estado da Educação
e da Cultura - SEEC/RN
Subcoordenadoria de Ensino
Médio  - SUEM/SEEC
PARCERIA
Sociedade dos Poetas Vivos e Afins -SPVA/RN
União Brasileira de Escritores - UBE/RN

COORDENAÇÃO GERAL
Terezinha Azevedo da Silva

Há poesia
Na dor
Na flor
No beija-flor
No elevador. (Oswald de Andrade)

GERALDA EFIGÊNIA

Nascida em Cerro Corá
Formada em Pedagogia
Professora há muitos anos
Trabalhando com poesia
Seus versos bem revelam
O lazer do dia- a-dia

Seu pai José Milanês
Poeta sindicalista
Geralda herdou o talento
Pois é grande progressista
Admiradora da arte
Preferindo os repentistas.

A mãe Nenzinha Macedo
A professora exemplar
Tem seu nome em escola
Bem lá em Cerro Corá
Dela Geralda herdou
A função de ensinar.