sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

AS MENSAGENS POÉTICAS DO ADEMAR MACEDO - NATAL/RN

Imagem inline 1
<<< Uma Trova de Ademar >>>
Para alcançar o perdão,
não há fronteira ou entrave:
a porta do coração
não tem ferrolho nem chave.
Ademar Macedo/RN
 
<<< Uma Trova Nacional >>>
Neste sonhar em que vivo
da poesia cultor,
o teu desvelo é motivo
dos meus motivos de amor.
Gilvan Carneiro da Silva/RJ
 
<<< Uma Trova Potiguar >>>
Destilando hipocrisia
segue a tola humanidade
queimando a vã fantasia
nas fogueiras da vaidade!
Ubiratan Queiroz/RN
 
<<< Uma Trova Premiada >>>
2003 > Amparo/SP
Tema > PEDRA > 3º Lugar
Ferem-me as pedras... Mas sigo
sem me curvar ao revés;
pois quando um sonho persigo,
nem sinto as chagas dos pés!...

José Tavares de Lima/MG
 
<<< ...E Suas Trovas Ficaram >>>
Partiste e chovia tanto!...
mas entendi na saudade
que a leve gota de um pranto
molha mais que tempestade.
Hegel Pontes/MG
 
<<<  U m a    P o e s i a  >>>
Luzes verdes e vermelhas
numa aurora boreal.
De manhã sai do curral
um rebanho de ovelhas,
fumaça por entre as telhas
da chaminé se levanta,
é mãe cozinhando a janta
depois que o dia anoitece
a natureza oferece
tudo quanto a gente canta.
Júnior Adelino/PB
 
<<< Soneto do Dia >>>
         CRENÇA.
 
                                Pedro  Ornellas/SP
 
Eu creio em Deus, que tudo fez do nada,
Deus poderoso, sem princípio e fim;
Deus invisível, mas que, ainda assim,
tem existência certa e comprovada!
 
Eu creio nesse Deus, eu creio sim!
Sinto a presença Dele em minha estrada!
Creio em seu Livro, a diretriz sagrada
que vida eterna põe diante de mim!
 
E, crendo em Deus, autor da profecia,
creio em Jesus, que a minha crença guia
e que a maldade odeia e deixa exposta.
 
Sem essa crença, tenho refletido,
torna-se a vida um fato sem sentido,
uma pergunta que não tem resposta!