quarta-feira, 1 de maio de 2013

A VOZ POETICA DE ARLETE SANTOS - NATAL/RN






O mundo está pertubado
muita gente sem escrupulo,
os anjos desconcentrados
e o diabo provocando tumulto. 


Eu vejo o que não quero
sou vestígio da oligarquia
no mundo faltando remédio
para tanta epidemia.

Estou presa em minha casa
enclausurada na prisão
porque hoje liberdade
é previlégio de ladrão.

* Arlete, artesã e membro da SPVA/RN.