quarta-feira, 17 de setembro de 2014

UFRN OFERECE AULÕES E CURSINHOS PARA ESTUDANTES DA REDE PÚBLICA



Os estudantes das escolas públicas podem contar com mais um importante aliado para a preparação das provas do Enem. A UFRN oferece durante todo o mês de setembro aulões preparatórios para as provas do vestibular com foco nas matrizes cobradas pelo Enem. O Programa Complementar de Estudos para Estudantes do Ensino Médio (Proceem) ofertará aulas contextualizadas sobre História e Sociologia (20) e Biologia e Filosofia (27) no auditório do Departamento de Enfermagem da universidade federal.

Os interessados em participar precisam somente comparecer na UFRN e apresentarem nome e escola que estuda e já estarão aptos a participarem. Destinados exclusivamente para alunos que estejam em escolas públicas ou que já tenham terminado o Ensino Médio e queira retomar os estudos, os aulões são apenas um dos serviços que o Proceem oferta aos estudantes postulantes a uma vaga nas universidades.

Durante todo o ano, nove turmas de cursinho são formadas pelo Proceem para atenderem estudantes de baixa renda que buscam ingresso no ensino superior. As turmas são dividas entre o Campus Central da UFRN e a Escola Estadual Durce Wanderley, no bairro da Rendinha, e atendem entre 40 a 50 estudantes por sala de segunda a sexta. Para participar, o aluno deve comparecer na sede da Prograd, localizada na reitoria da UFRN, portando xerox dos documentos de identificação e certidão de vínculo com escola pública.

Para Nathália Araújo, coordenadora do Proceem, o cursinho e aulões representam o primeiro contato dos estudantes de ensino médio com a didática e infraestrutura da UFRN. “Nosso objetivo é preparar os alunos para o ingresso na universidade. E esse estímulo parte da própria academia, reafirmando um compromisso que a UFRN tem proporcionar que cada vez mais alunos da rede pública ocupem suas vagas”, explicou.

A Secretaria Estadual de Educação é parceira nos aulões e cursinhos, oferecendo espaços físicos, material escolar e ajuda pedagógica. Para Aliete Bormann, subcoordenadora de Ensino Médio, o principal resultado do Proceem é o aumento no número de aprovados no processo seletivo das universidades: “A cada novo aluno que conquista uma vaga e vem de uma escola pública, representa uma vitória para todos nós que fazemos a educação do RN”.
Um fator interessante está nos professores que compõe o quadro docente de programa. Todos são alunos de graduação da UFRN, escolhidos por meio de seleção simplificada e que, preferencialmente, já tenham desempenhado alguma função em sala de aula. O cursinho também é oferecido no Centro de Ensino Superior do Seridó (Caíco) e na Faculdade de Ciências da Saúde do Trairi.
--
Assessoria de Comunicação da Educação