domingo, 2 de setembro de 2012

A VOZ POÉTICA DE ELIZABETH ROSE - BETINHA - NATAL/RN

TROVA INOVADORA
 
“estou farto do lirismo comedido”.
O poeta disse o que eu sonhei dizer!
Estou cansada de idéias comportadas,
De pessoas que são protocoladas.
Estou farta do normal
Diversos iguais...
Coloridos de giz
Só idéias não resolvem nada,
Não trazem libertação por que...
A gente aprende a entender o mundo,
Mas não sabe ler o universo do outro...
A gente aprende uma retórica oca,
Mas não entende a linguagem do amor!
A gente sonha em construir palácios,
Enquanto a alma está desmoronada
E, nas ruínas das filosofias,
Não vê que o tudo é nada...!
Eu desejo uma canção
Que faça o menino dormir e o homem acordar...
Letras pra ler a vida
Eu quero encontrar na caixa de pandora
E quero perceber além do seu olhar:
Uma trova inovadora
Uma canção com poesia
Que faça o menino dormir
E o homem acordar...

Quero antes o lirismo dos loucos

O lirismo dos “bêbedo
s”