segunda-feira, 18 de novembro de 2013

A VOZ POÉTICA DE JOELZA BARBALHO - NOVA CRUZ/RN


Amor Virtual

Amar sem te ver, sem te tocar, sem te sentir
saudade que dói e não mata
na fria e gelada madrugada
vivendo pensando em ti.

Enquanto dormes sonho acordada,
vivendo só pra ri e por ti
velando teu sonho distante
esperando "ler" seu bom dia!

Ao ler meu coração dispara como açoite
quando posso de repente ouvir sua voz,
dizendo baixinho, sussurrando
Eu te amo! logo te chamo...

Vem ficar comigo!
e faz da minha vida um novo sentido
de querer sentir algo novo
que despertastes dentro de mim
logo me fazes sorrir
dizendo: Amor, estou aqui!