domingo, 22 de janeiro de 2012

A EXPRESSÃO POÉTICA DE ROSA BESERRA FIRMO - FORTALEZA/CE

CANÇÃO DE DOR


Não quero sais nem óleo de calêndula
Para aromatizar meu corpo envolto em linhos
Dá-me espírito de luz...
Para conviver com os espinhos.

Não quero apenas prazer e consumismo
Para alimentar minhas vaidades e crenças
Dá-me um coração puro
Para conviver com as diferenças.

Não quero apenas sarar minha dor
Que oprime esse ser em abstinência
Dá-me o silêncio de Deus
Para iluminar minha existência.

Não quero um mar de rosas
Para perfumar meu esquife
Dá-me a luz da compreensão
A humildade sempre em riste.