sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013

O TRISTE LAMENTO DA BARONESA -

Sou testemunha do apreço e, do orgulho de Lucia Helena Pereira pelo inesquecivel Pedro Simões, nosso confrade e amigo. Irmano-me a sua dor e, a da familia por tão grande perda.

O MEU SILÊNCIO CALOU-SE PARA SEMPRE.

OH!DEUS! ELE PASSOU UM ANO, UM MÊS E UM DIA NAQUELE HOSPITAL, ENTRE APARTAMENTO E UTIS (A UM E A DOIS)... COM SEUS FAMILIARES BEBENDO ORVALHOS DE ESPERANÇAS E LAMBENDO O NÉCTAR DA FÉ NUMA POSSÍVEL CURA.

PEDRINHO, MEU AMIGUINHO DE INFÂNCIA, UM PÁSSARO DE DEUS AGORA VOANDO PELO INFINITO.

O MEU SILÊNCIO CALOU-SE DEFINITIVAMENTE. E JAMAIS OUVIREMOS O MURMÚRIO MELÓDICO DE SUAS POESIAS, NÃO MAIS OUVIREMOS AQUELAS PALAVRAS DE GENTILEZA, E NÃO MAIS VEREMOS O SEU OLHAR DE LUZ.

MEU CORAÇÃO SENTE ESSA GRANDE DOR. JÁ NÃO TENHO MAIS 20 ANOS, COMO DIZ CHARLES AZNAVOUR. O CANSAÇO DA VIDA, A LUTA, AS ESPERANÇAS FRUSTRADAS, AS SOLIDÕES, AGONIAS, DOENÇAS..."NÃO DÁ MAIS PRA SEGURAR/ EXPLODE CORAÇÃO".

PEDRO SIMÕES NETO, UM MENINO DO MUNDO, UMA INTELIGÊNCIA INVULGAR, ORADOR DOS MELHORES, UM APAIXONADO POR CEARÁ-MIRIM E PELAS COISAS TODAS QUE O DEIXAVAM EM ESTADO DE ENCANTAMENTO.

MEU DEUS, PENSO EM TODA ESSA FAMÍLIA, NA HONRADEZ EM QUE VIVEM. UMA GRANDE FAMÍLIA: PEDRO E JOVENTINA, ÚNICOS FILHOS DO QUERIDO CASAL - DR. PERCÍLIO ALVES E DONA ESMERALDA. E FOI JOJÓ (JOVENTINA) QUEM ME TELEFONOU: "LUCINHA, DEDÉ PARTIU"...

ESTOU EM CASA, ISSO FOI HÁ UNS QUARENTA MINUTOS, FIQUEI TÃO DESORIENTADA, RODEI PELO APARTAMENTO, ANDEI PELA SACADA, PEGUEI O CELULAR E LIGUEI PARA MARIA PALITOT. DESABAFEI E ELA, DO OUTRO LADO, COM SUA VOZ DE AMOR (PARECIA MINHA IRMÃ GIPSE), DISSE-ME COISAS LINDAS PARA ARREFECER O MEU CORAÇÃO.

JAILZA SIMÕES - SUA ESPOSA - QUE MOÇA BOA,PACIENTE, AMOROSA COM O MRIDO EM TODOS ESSES LONGOS DIAS!

PEDRITO E MARIA SEUS FILHOS, LUCIANA E MILENA E OUTROS FILHOS COM A PRIMEIRA ESPOSA, SABEM O QUANTO DÓI ESSA DOR!

AINDA ESTOU DESORIENTADA, PEÇO DESCULPAS A GUTEMBERG COSTA, SE TUDO CORRER BEM, O NO QUE ENTRA USAREI MINHA MÁSCARA NO BAILE DOS ANTIGOS CARNAVAIS.

PEDRINHO, MEU AMIGO MAIS QUERIDO, CHORO POR TI E MEU OLHAR SE ENCHE DE FESTA AO PRESSENTIR UM CORTEJO DE ANJOS LHE ACOMPANHANDO NA NOVA JORNADA.

VAI PEDRO, VAI PARA JUNTO DOS TEUS PAIS, EIS O MILAGRE DAS SUCESSÕES DA VIDA!

MEU QUERIDO, HOJE É O PRIMEIRO DIA DE FEVEREIRO E JÁ VAIS PARTIR, ASSIM, TÃO CEDO? DIZ-ME UM POEMA. CANTA AQUELAS BOAS DAS SERESTAS...PRECISO OUVIR A SUA VOZ QUE O SILÊNCIO VIOLENTOU! PRECISO DA LUZ DA SUA SENSIBILIDADE NOTÁVEL PARA SENTIR QUE AINDA POSSO SER MUITAS COISAS, NUMA SÓ, COMO DIZIA VOCÊ.

NÃO SEI MAIS O QUE DIZER.