sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

A LUTA FLORESCE DA INJUSTIÇA, por Deth Haak

DOMINGO DIA 05/12 - VOTE NA CHAPA FILHOS DE PONTA DO CONSELHO COMUNITÁRIO DE PONTA NEGRA.

Junto à tirania a retidão convoca a luta
E na calvície da populaça tão descrente
De o Sol se fez um poema que refuta;
Bradando a estrela solitária simplesmente.

E da Vila de Ponta Negra ja se escuta
O rugido rouco, na falacia de sua gente
O Botafogo é nosso, ó justiça injusta!
Que nos denega o lazer como presente.

Privas ó loba cruel, quem a bola chuta
Aniquilando meio século de história
Assim contada ao poeta que se avulta;

Surda faminta, cega ,e já sem memória,
Sendo engrupida por uma mente astuta;
negando ao povo, o sorriso da vitória!

Deth Haak
“A Poetisa dos Ventos”
Sociedade dos Poetas Vivos e Afins do - RN
Cônsul Poeta Del Mundo – RN
Embaixadora Universal da Paz