segunda-feira, 9 de agosto de 2010

SAUDADES DO MEU PAI - JOSÉ MILANEZ IN MEMORIAN

Parece que foi ontem,
Entretanto não foi.
Já faz mais de vinte anos
que fiquei sem o meu pai.
.
Muitos anos que fiquei,
sem acalanto, sentindo muita tristeza,
sofrendo a orfandade
nunca esqueci tanta dor, tanto pranto.
.
Mas hoje, dia dos pais
Eu fico ainda mais sofrida
e as lembranças mais doloridas.
.
Pois eras um pai presente
que em muito me ensinou, muito me ajudou
porisso até hoje choro de saudades e de dor.