quinta-feira, 24 de março de 2011

ENCAMINHAMENTOS RETIRADOS DA ASSEMBLÉIA DO TRABALHADORES EM EDUCAÇÃO DO ESTADO!

Trabalhadores em Educação do Estado realizaram Assembleia na manhã desta quarta-feira (23), na EE Winston Churchil





Da Redação

Em assembleia realizada na manhã desta quarta-feira (23), na EE Winston Churchil, os trabalhadores em educação da rede estadual de ensino, deliberaram pelos encaminhamentos da Campanha Educacional e Salarial para o ano de 2011.

De acordo com Francis Gomes e Larrúbia Tavares, diretoras de assuntos da Capital e do Administrativo e Financeiro do SINTE respectivamente, os trabalhadores em educação definiram que o principal eixo da CES/2011 será a luta pela Revisão do PCCR do Magistério Estadual, que aliás foi negociado na greve de 2010, e que não foi cumprido.

Outros pontos integrarão a pauta dos trabalhadores em educação durante o ano de 2011, tais como:
  • A luta por melhores condições de trabalho e por uma escola pública de qualidade;
  • Publicação imediata das Promoções Verticais, que foi negociado e também não foi cumprido ;
  • Pagamento dos Abonos de Permanência publicados e não pagos, que foi negociado e também não foi cumprido;
  • Pagamento das 3.331 Promoções implantadas em 24 parcelas, negociadas na greve de 2009, e que deveriam ter sido pagas a partir de janeiro de 2010, pelo governo estadual, que foi negociado e também não foi cumprido;
  • Pagamento das 557 promoções horizontal publicadas nos meses de agosto, setembro e outubro de 2006 com retroatividade a data da publicação negociada também na greve de 2009, que foi negociado e também não foi cumprido;
  • Publicação das Licenças-Prêmios, ponto esse negociado na greve de 2010, que, aliás, de acordo com documento recebido pelo sindicato do governo estadual as licenças seriam publicadas a partir de um⁰ de julho de 2010, que foi negociado e também não foi cumprido;
  • E ainda pagamento de buscar o pagamento de títulos, pecuniárias, etc, que foi negociado e também não foi cumprido;
  • Atualizar as publicações das promoções horizontais (letras), que foi negociado e também não foi cumprido.
As diretoras do SINTE informaram ainda sobre os encaminhamentos tirados na assembleia - Realização de Assembleia dia 28/04 às 14h e 30 min no Churchil; Realização de assembleias cumulativas em todas as regionais do SINTE e Realização de Estudo de polos na Capital no mês de abril.

Para Larrúbia Tavares essa assembleia foi muito importante, ela foi muito participativa é necessário que a nova SEEC tenha bom censo e atenda a pauta dos trabalhadores em educação da rede estadual, que, aliás, não traz nenhuma novidade, nenhum ponto novo.

Segundo Francis Gomes, os trabalhadores em educação não aceitam que a governadora do estado fique por muito tempo administrando o estado como se tivesse só olhando para o retrovisor como bem diz o deputado estadaul Fernando Mineiro (PT), é necessário que ela valorize os trabalhadores em educação e a escola pública. Para isso é necessário que ela receba a direção do SINTE em audiência, receba e respeite a pauta da categoria e NEGOCIE!, se não poderemos ir a greve.
janeayresouto.com