quinta-feira, 24 de outubro de 2013

A VOZ POÉTICA DO CIRO JOSÉ TAVARES - BRASILIA/DF



      
  


    O MANTO QUE ME AQUECE O CORAÇÃO
   

Aberto e estendido sobre os ombros o manto
da Academia Cearamirinense
de letras e Artes Pedro Simões Neto,
dá-me a sensação de orgulhosamente ostentar
um largo colar cravejado de ouro e esmeraldas.
Agasalha-me de telúricas lembranças,
o brilho do olhar deitado na extensão verdejante dos canaviais
e o louro do sol acobertando  tetos e ladeiras da cidade.
É esse manto sagrado que me queima, refulge e borda
entre  as estrelas o imaculado azul da Virgem Padroeira.